Seguidores

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Meu menino


Em um belo dia pela manhã, sou surpreendido com a sua chegada, lindo uma gracinha cheirando a leite. Sorria muito e era muito esperto, só queria dormir na cama, mas era perigoso você fazia xixi em qualquer lugar, os dias vão passando e as brincadeiras aumentando, você me ensinou muitas coisas e aprendeu outras. Ah como você está crescendo ficando cada vez mais bonito, engraçado e arteiro, falo para você vamos sair, pega suas coisinhas e você corre para pegar a sacola, mas você não aguenta. Os nossos passeios de carro são maravilhosos, você passava mal mais agora acustumou fica só olhando a paisagem os carros e quando eu saio fica ancioso a minha espera. E os anos vão passando e eu te entendendo melhor e você a mim. Já se passarão 18 anos , e as brincadeiras já não mais, você só gosta de conversar e de carinho. Ah! Que susto você me deu, pensei que você ia morrer, mesmo sabendo que um dia todos iram, fiquei ao seu lado a noite toda, passando a mão na sua cabeça, falando com vc, lembrando dos momentos mais felizes que passamos juntos e o quanto estava triste por você estar assim imóvel inerte com lagrimas nos olhos e gemendo. Fiquei ao teu lado e aos poucos você foi se recuperando, nossa que alegria, que alivio, e no dia seguinte você estava alegre, conversando muito e que apetite… Sei que a vida de um cão é curta em relação a do humano, mas Niki não morra,,, te amo.
Hoje você me deixou meu amigo, adeus jamais te esquecerei Niki, 01 de março de 2011

2 comentários:

Ricardo Cardoso disse...

Adeus meu amigo, jamais te esquecerei...01 março 2011

Vander disse...

Salve companheiro, sei muito bem como é quando perdemos um grande AMIGO. Suas palavras me fez lembrar de todos os cachorros que já tivemos aqui em casa, mas com certeza este amigofoi tão especial que nenhuma palavra pode trazer conforto, mas como vc disse: Niki não morra... Ele nunca irá morrer, estará em suas lembranças sempre.
Força companheiro, abracios, fui.

xXx